Você sabe o que é Brain Fog?

Você sabe o que é Brain Fog?

 

Em uma época cheia de dispositivos onde podemos nos distrair facilmente, a mente humana tem experimentado diferentes sensações. Esses fenômenos muitas vezes estão ligados com uma impressão de ansiedade, confusão e nos últimos tempos o que tem se destacado é uma espécie de esquecimento momentâneo que alguns cientistas estão chamando de ‘’Brain Fog’’ ou “mente nebulosa”, ou seja um excesso de informação que experimentamos através de diferentes meios de comunicação.


De onde ele vem?
A professora de neurociência cognitiva da faculdade de Westminster, Catherine Loveday aponta que nosso cérebro fica mais acordado na presença de outras pessoas, desse modo, quando nos afastamos da vida coletiva, nossa mente fica desconcentrada e perde o controle sobre um pensamento direto. 

O assunto também é alvo de considerações do professor Carmine Pariante de biologia psiquiátrica do King’s College London. Ele diz que o Brain Fog é uma experiência ligada ao sistema hormonal e imunológico, também é o que nos faz ter o sentimento de angústia e está diretamente ligada ao estresse. 


Um ar para mandar a fumaça embora
O cérebro depende de oxigenação para funcionar corretamente. Assim, quando a respiração é bem feita, o oxigênio entra em maior fluxo, auxiliando a preservação da região cognitiva. Dessa forma, quando você realiza o processo adequado de respiração consegue conduzir mais oxigênio para o cérebro, que terá o “combustível” fundamental para suas atividades cognitivas, além de auxiliar na irrigação dos vasos da região.

É certo então que o modo como respiramos tem o poder de nos deixar mais concentrados e menos estressados. Uma vez que essa exaustão mental tem grande ligação com o estresse e dele vários outros problemas são desencadeados, o jeito é arrancar o mal pela raíz. Respirar corretamente com certeza vai ajudar a aumentar o foco e dará mais luz para suas memórias.


Respire sempre buscando sentir a expansão do diafragma e abdômen, inspirando lentamente pelo nariz com suavidade, experimente, ao expirar, fazê-lo mais longamente, caso hajam problemas para a respiração por conta de algum desvio na cavidade nasal, recomenda-se o uso de um dilatador nasal.

Olá!

Gostamos de manter você bem informado, por isto cadastre aqui seu email para continuar a acessar nosso blog.


Ao assinar, você concorda com a nossa política de privacidade.

[time] atrás, de [location]
Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site. Ao clicar em aceitar, você concorda com a nossa Política de Privacidade
Inscrição realizada com sucesso!
Este e-mail já foi registrado.