Sonhos estranhos na quarentena? Existe uma razão para isso!

Sonhos estranhos na quarentena? Existe uma razão para isso!

"Estou com uma roupa de hospital em uma sala de exames com um médico. Na verdade, não há paredes, há apenas branco e a sensação de uma janela, mas eu não a vi. E está ventando. Minhas trompas uterinas estão em uma jarra e ela está infectada com vírus. O médico está explicando como eles vão colocar as trompas de volta no meu corpo. Estou chorando, não consigo recuperar o fôlego, mas não consigo falar e não sei o que fazer. Não os quero em uma jarra, quero meu corpo de volta, mas estou com medo".

Um tanto quanto angustiante, o relato acima é a descrição do sonho de uma mulher, entre 50 e 59 anos, moradora de Nova York, nos Estados Unidos, que foi relatado ao blog 'I dream of COVID' ('Eu sonho com a COVID', em inglês).

O site, que vem chamando a atenção de internautas, está reunindo sonhos estranhos que as pessoas estão tendo durante a pandemia do novo coronavírus, como forma de entender o impacto deste evento em nossas vidas.

Na verdade, a ocorrência de sonhos inquietantes e até bizarros parece ser uma tendência global. Isso porque diversas pessoas vêm relatando nas redes sociais que estão vivendo este tipo de situação - o que acabou inspirando alguns especialistas a estudarem o "fenômeno".

Deirdre Barrett, uma psicóloga da Universidade de Harvard (EUA), está tentando catalogar os sonhos mais esquisitos que estão acontecendo durante a pandemia. Através de um formulário online, ela pergunta a idade, gênero, nacionalidade e quantos dos sonhos estão relacionados com a pandemia de coronavírus - o participante também deve relatar se possui alguma relação com o vírus (se é funcionário de saúde, se foi infectado ou teve sintomas).

A especialista está fazendo a coleta desde o final de março e, em 3 semanas e meia, já conseguiu mais de 1.800 respostas. Em entrevista à revista Vogue americana, ela contou que algumas pessoas estão tendo sonhos abstratos e metafóricos, relacionados a maremotos, monstros e insetos, enquanto outras estão sonhando de forma mais realista, imaginando que contraem a doença ou têm um parente doente.

Por que estamos tendo sonhos estranhos?

A pesquisa de Barrett parece indicar que pessoas do mundo todo estão passando por uma experiência coletiva. Uma possível explicação para isso é que pesadelos e sonhos perturbadores, geralmente, ocorrem após episódios de trauma e são comuns a quem sofre de estresse pós-traumático.

Um estudo mostrou que, após eventos intensos, como o ataque de 11 de setembro, por exemplo, os sonhos das pessoas se tornaram mais intensos e memoráveis nos dias seguintes ao evento. A Teoria Contemporânea do Sonho sugere que as imagens centrais dos sonhos estão relacionadas à intensidade da emoção subjacente. Ou seja, seus sonhos podem ser reflexos de suas emoções.

A dona do site "I dream of COVID", Erin Gravley, apresenta uma reflexão baseada na obra da escritora alemã Charlotte Beradt sobre o efeito que o autoritarismo e o terror na Alemanha nazista tiveram sobre as pessoas do país. Nela, Beradt relatou como o sonho daqueles que viviam sob opressão mudou drasticamente naquele período.

Mesmo que o momento atual não seja comparável ao da Segunda Guerra Mundial ou a um ataque terrorista, Gravley afirma que ameaças coletivas, como uma pandemia, podem provocar sonhos aterrorizantes.

Outra explicação, dada pela psicóloga Barrett, é que as pessoas estão dormindo mais e, por isso, acabam sonhando mais. Assim, a lembrança dos sonhos está correlacionada com quantas horas de sono você adquire.

Sonhos traumáticos

Porém, enquanto muitas pessoas estão tendo sonhos perturbadores e sentindo os efeitos da doença, ainda não é uma situação caracterizada como um trauma para a maioria. Os sonhos de profissionais de saúde que estão enfrentando a pandemia nos hospitais, por exemplo, são diferentes do grande público.

Barrett indica que estes profissionais estão tendo sonhos vívidos e encarando dilemas intensos em seus trabalhos durante o sonho - como ter que decidir, por exemplo, qual paciente receberá um respirador ou ver corpos alinhados nos corredores.

Como ocorrem os sonhos

Durante o sono, a pessoa passa por quatro etapas distintas. As duas primeiras servem para fazer o corpo descansar e são de carácter mais leve. A terceira configura um sono mais profundo, suficiente para revigorar o corpo e a mente. Já na quarta etapa ocorrem os sonhos e é chamada de REM (Rapid Eye Movement, da sigla em inglês, que significa "movimento rápido dos olhos").

Ainda não há uma explicação científica sobre o significado dos nossos sonhos, mas linhas da psicologia que estudam o tema os descrevem como a manifestação de desejos reprimidos ou conflitos internos.

Para aqueles que não estão em uma situação de trauma evidente, a tendência é que os sonhos esquisitos durante a pandemia se estabilizem. Mas, aparentemente, esta parece ser uma rotina frequente em nossas noites até que tudo volte ao normal. Fonte: Minha vida Se você precisa de resultados instantâneos para respirar melhor, experimente o Flux Air. Desfrute dos benefícios de respirar livremente pelo nariz de forma segura e sem ação ou efeitos colaterais dos medicamentos.

Olá!

Gostamos de manter você bem informado, por isto cadastre aqui seu email para continuar a acessar nosso blog.


Ao assinar, você concorda com a nossa política de privacidade.

[time] atrás, de [location]
Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site. Ao clicar em aceitar, você concorda com a nossa Política de Privacidade
Inscrição realizada com sucesso!
Este e-mail já foi registrado.