É possível comunicar-se com pessoas durante o sonho

É possível comunicar-se com pessoas durante o sonho
Os sonhos nos levam ao que parece ser uma realidade diferente, onde o mundo físico e o tempo não funcionam como na vida real. Assim, parece difícil acreditar que possa haver um meio de fazer com que uma pessoa, durante um sonho vívido, seja capaz de perceber perguntas feitas por uma pessoa acordada e fornecer respostas para elas. Mas um novo experimento relatou que, de fato, isso é possível - ao menos para um grupo muito seleto de sonhadores, pessoas capazes de terem "sonhos lúcidos". "Descobrimos que os indivíduos em sono REM podem interagir com um experimentador e se comunicar em tempo real," contou o professor Ken Paller, da Universidade Northwestern (EUA). "Também mostramos que os sonhadores são capazes de compreender perguntas, engajar-se em operações da memória de trabalho e produzir respostas." Compreender os sonhos Embora os sonhos sejam uma experiência comum, os cientistas ainda não os explicaram adequadamente. Depender da narração de sonhos de uma pessoa também é repleto de distorções e detalhes esquecidos. Então, Paller e seus colegas decidiram tentar se comunicar com as pessoas durante os sonhos lúcidos, nos quais a pessoa tem consciência de que está sonhando. Eles estudaram 36 pessoas que almejavam ter um sonho lúcido. Foram quatro experimentos conduzidos de forma independente, usando diferentes abordagens para atingir um objetivo semelhante. Além do grupo da Universidade Northwestern, um grupo conduziu estudos na Universidade Sorbonne (França), um na Universidade Osnabruck (Alemanha) e um na Universidade Radboud (Países Baixos). Um dos indivíduos que teve sucesso imediato com a comunicação bidirecional tinha narcolepsia e sonhos lúcidos frequentes. Entre os outros, alguns tinham muita experiência em sonhos lúcidos e outros uma experiência pequena. Sonho interativo No geral, os pesquisadores descobriram que é possível para as pessoas, enquanto sonhavam, seguir instruções, fazer matemática simples, responder a perguntas com sim ou não ou dizer a diferença entre diferentes estímulos sensoriais. As respostas dos sonhadores foram dadas usando movimentos dos olhos ou contraindo os músculos faciais. Os pesquisadores se referem a esse novo fenômeno como "sonho interativo". "Nosso objetivo experimental é o de encontrar uma maneira de falar com um astronauta que está em outro mundo, mas neste caso o mundo é inteiramente fabricado com base nas memórias armazenadas no cérebro," escreveram os pesquisadores. Segundo a equipe, encontrar um meio de se comunicar com quem está sonhando pode abrir as portas para investigações futuras para aprender mais sobre os sonhos, a memória e como o armazenamento da memória depende do sono. Fonte: Diário da Saúde

Olá!

Gostamos de manter você bem informado, por isto cadastre aqui seu email para continuar a acessar nosso blog.


Ao assinar, você concorda com a nossa política de privacidade.

[time] atrás, de [location]
Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site. Ao clicar em aceitar, você concorda com a nossa Política de Privacidade
Inscrição realizada com sucesso!
Este e-mail já foi registrado.