A evolução dos Jogos Olímpicos ao longo da história

A evolução dos Jogos Olímpicos ao longo da história

Você sabia que nos Jogos Olímpicos a medalha de ouro na verdade é de prata? Pois é, não é algo que todo mundo imagina, mas é assim desde 1912.

Os Jogos Olímpicos é o maior evento esportivo do mundo que acontece de quatro em quatro anos, em que atletas de mais de 205 países participam de disputas em diferentes modalidades. Há ainda os Jogos Paralímpicos, também separados entre de verão e de inverno, destinados a atletas com deficiências.

Para quem ama esportes, o fato dos Jogos Olímpicos durarem só 12 dias é doloroso, mas a boa notícia é que a próxima competição já tem data e lugar marcado - 2024, em Paris. Au revoir! ✈️

O Barão de Coubertin


O título de idealizador dos Jogos Olímpicos Modernos é atribuído ao francês Pierre de Coubertin, que era apaixonado por esporte e o enxergava como um elemento central para a educação. Inspirado pelo legado histórico da Grécia e por escavações arqueológicas que aconteceram em Olímpia, Coubertin fundou o Comitê Olímpico Internacional (COI) em junho de 1894.

Em 1896, aconteceram os primeiros jogos olímpicos da era moderna em Atenas, na Grécia. Com 14 países, o evento contava com 241 atletas, detalhe - todos eram homens, pois na época, Pierre de Coubertin proibia as mulheres de competir. As modalidades em jogo eram: atletismo, ciclismo, esgrima, ginástica, halterofilismo, luta, natação e tênis.

Fato curioso: Ninguém ganhou medalha de ouro, os primeiros colocados foram premiados com medalhas de prata e ramos de oliveira e um diploma. Os atletas que ficaram em segundo lugar receberam medalhas de cobre e ramos de louro. Vencedores do terceiro lugar não receberam medalhas.

(clique aqui e conheça os esportes mais divertidos, dinâmicos e um tanto bizarros inventados pelo ser humano)

O famoso símbolo olímpico


Os anéis entrelaçados são de cores diferentes, representando cada continente, sendo o azul: Europa, amarelo: Ásia, preto: África, verde: Oceania e vermelho: as Américas. Ao final de cada edição dos Jogos, a Bandeira Olímpica é passada para a próxima cidade-sede como uma expressão simbólica.

Novas modalidades, mais representatividade

Como parte do grande objetivo do COI de tornar as Olimpíadas mais atraentes para os espectadores mais jovens, o Comitê Olímpico Internacional vem inovando e trazendo esportes mais atrativos para o público jovem, como é o caso do caratê, surfe, skate, beisebol/softbol e escalada esportiva  

Em 2015, ano em que essas modalidades foram confirmadas, o presidente do comitê disse:

Queremos levar esporte para os jovens […] Com as tantas opções que os jovens têm, não podemos mais esperar que eles venham automaticamente até nós – temos que ir até eles.”

Através da representatividade em algumas modalidades, os jovens são inspirados a se apaixonar pelo mundo do esporte. Um exemplo disso foi o que aconteceu nos jogos olímpicos de 2010, onde o snowboard se tornou o queridinho dos jogos de inverno por causa de algumas apresentações de ícones culturais juvenis. Depois disso, o número de espectadores de 18 a 24 anos aumentou em 48%.

Desde então, uma nova geração de snowboarders jovens e descolados, continuou a inspirar e atrair públicos globais.

Vem aí

E o COI já anunciou quais as novidades dos jogos olímpicos de Paris em 2024 🥳

Serão 329 eventos, em 38 modalidades, e com inédita igualdade de gênero. A inclusão da canoagem slalom extremo, do breakdance e de novas provas mistas estão entre as principais novidades. Segundo o COI, a decisão de hoje ajudará a tornar os Jogos Olímpicos de Paris 2024 adequados para um mundo pós-coronavírus.

Por hoje é isso, entre nessa torcida e apoie o mundo do esporte.

Olá!

Gostamos de manter você bem informado, por isto cadastre aqui seu email para continuar a acessar nosso blog.


Ao assinar, você concorda com a nossa política de privacidade.

Inscrição realizada com sucesso!
Este e-mail já foi registrado.