Qual é o tempo recomendado para uma prática de ioga?

Qual é o tempo recomendado para uma prática de ioga?

Não existem regras rígidas na prática da ioga. O desenvolvimento dessa disciplina é muito individual. Como o objetivo é a busca pelo equilíbrio entre mente, corpo e alma, é muito difícil definir um tempo. Geralmente, a ioga é entendida como um caminho de longo prazo. Ou seja, como um estilo de vida.

Portanto, sempre respeitando cada situação particular, o ideal seria pequenas práticas várias vezes por semana. Muitas pessoas optam por sessões de 20 a 30 minutos, 3 dias na semana. No entanto, a realidade depende de muitos fatores que cada pessoa tem em sua vida (obrigações de trabalho, compromissos familiares, etc.).

Um horário ideal que muitas pessoas optam por fazer exercícios de ioga é de manhã, antes de iniciar as atividades e obrigações diárias. Dessa forma, serve para ativar a mente e o corpo da melhor maneira possível, fazendo relaxamentos, meditações ou uma série de posturas.

Embora esse cronograma exija algum esforço para acordar mais cedo, seremos recompensados ​​pela contribuição de energia que a prática nos oferece. Também é habitual escolher o final do dia para fazer alguns minutos de ioga. Com essa escolha, conseguimos acalmar a mente e o corpo do ritmo acelerado das atividades diárias. Graças a esse método, milhões de pessoas conseguiram superar problemas de insônia, estresse e ansiedade.

Portanto, sempre respeitando cada situação particular, o ideal seria pequenas práticas várias vezes por semana. Muitas pessoas optam por sessões de 20 a 30 minutos, 3 dias na semana. No entanto, a realidade depende de muitos fatores que cada pessoa tem em sua vida (obrigações de trabalho, compromissos familiares, etc.).

Ioga a qualquer momento

Um dos grandes benefícios das práticas de relaxamento e meditação oferecidas pela ioga a qualquer momento é silenciar a torrente de pensamentos na mente. Uma mente serena, quieta e em paz traz pensamentos mais lúcidos, ordenados e coerentes. Por outro lado, quando o centro intelectual está sobrecarregado ou desordenado, é mais complicado ser produtivo.

Com uma prática de ioga, tentamos silenciar todos os diálogos mentais que, sem querer, gastam nossa energia. Trata-se de deixar a mente em branco e se concentrar no próprio corpo. Com a atenção voltada para dentro, podemos nos conectar com nós mesmos e, por exemplo, ouvir a batida do nosso coração.

Dia a dia, com paciência

A ioga não é uma disciplina em que resultados surpreendentes são esperados em poucos dias. Os benefícios físicos precisam do seu tempo para serem notados, como:

  • Melhor saúde cardiovascular
  • Maior elasticidade
  • Músculos mais tonificados
  • Melhora o sistema nervoso
  • Queima de calorias
  • Melhoria das articulações

Seja qual for o horário, beba água

Embora a ioga possa parecer um exercício simples ou quase sem esforço físico, não é bem assim. Dependendo do tipo de ioga que vamos praticar, o corpo queima calorias e, portanto, tecido adiposo.

Portanto, é muito importante ter o corpo bem hidratado e beber dois litros de água durante todo o dia, principalmente durante a prática de ioga. Dessa forma, conseguimos que os tecidos e órgãos funcionem melhor e evitamos alguns ferimentos típicos da falta de hidratação.

Portanto, é aconselhável ter uma atitude paciente e calma ao começar a praticar ioga. É melhor se focar em um estilo de vida no qual incorporamos essa disciplina como uma atividade diária.

Fonte: Melhor com Saúde

Deixe uma resposta

Fechar Menu
0
×

Carrinho