5 truques para aderir às corridas, mesmo odiando correr

5 truques para aderir às corridas, mesmo odiando correr

Correr é o treino mais básico, primitivo e acessível que existe. É uma das formas mais intuitivas de exercício e vem com uma infinidade de benefícios para a saúde. Infelizmente, também é uma das formas mais difíceis de se adaptar se você não estiver acostumado. Sério, tente fazer uma corrida de 20 minutos sem correr há anos, e você certamente sofrerá.

É quase paradoxal: se habituar a um exercício que é naturalmente acessível não deveria ser tão difícil, deveria? Aqueles que não gostam de correr podem achar que correr é tedioso, que não é tão excitante quanto o levantamento de peso ou que seus benefícios são obtidos com facilidade por meio de outros exercícios baseados em exercícios cardiovasculares. Porém, a vantagem de correr é inestimável. A treinadora certificada Brennan Mejia observa que “a corrida produz uma série de benefícios para a saúde que vão desde uma diminuição no percentual de gordura corporal, uma redução no risco de certos cânceres, melhorias na memória, diminuição do estresse, fortalecimento dos músculos, ossos e articulações, e está ligada a uma vida útil mais longa”.

Claro, você pode fazer obter os mesmos benefícios com outras atividades aeróbicas, como treinar no aparelho elíptico, por exemplo, ou em uma máquina de remo, em uma aula de boxe de alta intensidade, ou até mesmo pulando corda. Mas a maneira mais fácil de obter um bom treino de cardio é correndo.

Correr é ideal porque você pode fazer isso em qualquer lugar. Você não precisa ir para a academia e se preocupar em ficar na fila dos aparelhos. Se você só tem 20 ou 30 minutos para treinar por dia, você não precisa se preparar muito: basta sair de casa e correr. Infelizmente, existem muitos fatores para afastar as pessoas da corrida.

Ela não vem com a gratificação instantânea que você pode sentir após uma sessão de levantamento de peso, quando mesmo que seus objetivos ainda estejam longe, seus músculos ficam tão bombeados com sangue que você se sente mais forte. Treinar ao ar livre pode ser um processo significativamente mais difícil do que treinar em uma academia, graças ao terreno em constante mudança e condições climáticas imprevisíveis e às vezes hostis. Além disso, não há como fugir: a corrida é difícil. Com treinamento em circuito, levantamento de peso e ioga, você pelo menos tem a chance de fazer uma pequena pausa e se recuperar.

Correr, por outro lado, exige o movimento constante e um trabalho que leva o seu coração e músculos ao limite. Ainda assim, há alguns truques que podem te ajudar a correr se você odeia correr. Quer ver quais são eles? Se liga:

SAIBA O QUE VOCÊ PODE FAZER
Correr, como qualquer forma de exercício, pode ser difícil para o seu corpo quando você começa. É possível que seu corpo não seja feito para o tipo de corrida que você deseja fazer. A ideia de correr uma maratona pode excitá-lo, mas você também precisa garantir que possa correr uma maratona antes de começar a treinar para isso. Tudo, desde o histórico médico até o alinhamento dos quadris, pode ser um fator importante para determinar qual tipo de corrida você pode fazer. Saltar de cabeça para a corrida sem analisar isso pode resultar em dor desnecessária, desgaste nas articulações e até mesmo ferimentos graves.

DEFINA METAS REALISTAS
A distância que você pretende atingir também não é o único fator determinante de seus objetivos. Talvez você esteja com o objetivo de perder gordura ou construir poder muscular explosivo para uso em outros empreendimentos de condicionamento físico como boxe ou futebol. Saber o que você quer fora de execução ajudará você a estruturar seus treinos com muito mais inteligência. Nada invalida uma jornada de fitness como não ter um plano. Se você é orientado por resultados de curto prazo, acompanhe a distância que está percorrendo e o tempo necessário para concluí-la. Defina metas de curto prazo no início, como adicionar cinco minutos à sua corrida matinal até o final da semana, ou ser capaz de lidar com um quilometro extra nas próximas 10 corridas. Depois de atingir essas metas, defina novas. Ver os resultados antecipados pode ser tremendamente encorajador, além de ter uma série de metas de curto prazo que podem ajudar a facilitar a transição para a execução do hábito.

TENHA BONS TÊNIS DE CORRIDA
Em teoria, correr é a melhor forma de condicionamento de entrada porque, como discutido, você pode simplesmente sair na rua e correr. Não há despesas proibitivas reais. Dito isto, ter o equipamento certo para a sua corrida pode servir a vários objetivos cruciais. Por um lado, correr em tênis que não são feitos para correr é uma receita pronta para se machucar. Seus pés são construídos em um complexo sistema de ossos e músculos. Correr com tênis ruins pode causar danos permanentes e deixá-lo dolorido demais para voltar no dia seguinte. Também pode levar a lesões a longo prazo. Faça alguma pesquisa e escolha um bom par de tênis de corrida que se adapte às suas necessidades.

TENHA BOAS ROUPAS PARA CORRER
Se você odeia correr, este truque pode ser fundamental. Afinal, um bom equipamento não para nos tênis de corrida. Correr com a roupa certa também serve uma infinidade de propósitos cruciais. Bater no asfalto com equipamento leve e respirável impedirá que o seu corpo se sinta sobrecarregado. O material certo pode mantê-lo aquecido, evitar que você fique encharcado de suor e prevenir assaduras e erupções cutâneas a longo prazo. É incrivelmente fácil cancelar a sua corrida diária ao primeiro sinal de mau tempo – é um sentimento compreensível. Mas há muitos equipamentos para evitar que a chuva e o frio arruínem seu progresso. Ter um grande moletom ou jaqueta impermeável e corredores escorregadios pode mantê-lo aquecido e seco, mantendo você responsável por seus objetivos. Por fim, lembre-se de que, mesmo que esteja muito frio ou chovendo, e você não tenha o equipamento certo para protegê-lo das condições, uma matrícula em uma academia garantirá que você sempre terá acesso a uma esteira ou a um aparelho elíptico.

SE DIVIRTA
Tente encontrar uma motivação instantânea para correr! Depois do treino, tenha em mente que você vai tomar um shake de proteína ou um lanche saudável. Mas a motivação também não precisa ser alimentar, viu? Talvez você possa guardar a parte final do seu novo podcast favorito ou um episódio do seu programa favorito da Netflix como a luz no fim do túnel. Ter uma recompensa esperando por você no final de uma corrida pode ajudá-lo a avançar no último trecho com um pouco mais de facilidade. Principalmente se você odeia correr. Por fim, correr não precisa ser um esforço solo. Se você está encontrando dificuldades na solidão, encontre um amigo que busque manter o mesmo cronograma que você. Essa pessoa não só vai estar do seu lado durante a corrida, como também vai te incentivar quando você não se sentir animado para correr.

Fonte: Manual do homem moderno




Deixe uma resposta

Fechar Menu
0
×

Carrinho